Quais peças desgastam mais em um carro e quando trocá-las?

8 de maio de 2019

Fazer a manutenção preventiva do seu veículo é a melhor forma de mantê-lo conservado e ver quais as peças que desgastam o carro.

Como todos sabem, muitas peças tendem a se desgastar com o tempo e as montadoras sempre fornecem orientações de substituir as peças no prazo indicado.

Mas, fique atento a qualquer tipo de barulho ou vibrações diferentes, esses são alguns indícios de que pode estar na hora de trocar algumas peças que desgastam o carro.

No post de hoje, irei mostrar alguns itens que são desgastados conforme o uso do automóvel e darei dicas de como conservá-los!

Pastilhas e disco de freio

É recomendada a troca das pastilhas entre 20 a 30 mil quilômetros rodados e os discos a cada 40 mil km. É notório que as peças necessitem ser trocadas a partir do momento em que surgem barulhos estranhos durante trepidação das ferragens e no pedal.

Recomenda-se que, para conservar melhor as peças que desgastam o carro, deve-se evitar freadas bruscas e realizar uma revisão preventiva em todo sistema de freios a cada 10 mil quilômetros rodados.

Conjunto de embreagem

Sempre revise itens como platô, disco de rolamento, ou atuador hidráulico, para que não ocorra danos ou para motivos de prevenção. O ideal é evitar dirigir com o pé apoiado no pedal e não realizar trocas bruscas de marchas.

Em qualquer sinal de problemas, como trepidação, pedal duro ou dificuldade de engate, procure uma oficina mecânica, pois esses tipos de problemas podem desgastar o seu carro, se você não cuidar.

Lâmpadas

Muitas pessoas não sabem, mais esse item tem validade (vida útil). A dica é: antes de sair de casa, verifique se os faróis e as luzes de sinalização estão funcionando corretamente e faça a troca caso haja alguma queimada.

Essas são uma das peças que desgastam o carro, fique atento!

Correia dentada

Deve haver uma inspeção a cada 10 quilômetros, e se necessário a troca a cada 50 mil, ou de acordo com as informações do fabricante da peça.

Se a correia quebrar o carro não funciona e se o carro estiver em movimento esse rompimento pode comprometer várias outras peças do seu carro.

Pneus

Para garantir uma viagem segura e tranquila, é ideal que o motorista verifique a situação dos pneus do seu veículo.

Caso haja desgaste, é necessário que o motorista faça a troca. Você pode conservá-lo mantendo a calibração em dia, assim como o alinhamento e o balanceamento, além realizar o rodízio a cada 10 mil quilômetros rodados.

Amortecedores

Se os mesmos estiverem danificados, podem prejudicar os pneus e fazer com que a cabine do carro balance mais que o normal.

Com amortecedores em mal estado, o tempo de frenagem é mais lento, colocando, assim, a vida do passageiro e do motorista em risco.

Indica-se uma revisão a cada mil quilômetros rodados, essa troca tem que ser de imediato, se existirem vazamentos de óleo ou amassados.

Velas de ignição

De acordo com o uso do veículo, é comum o desgaste destas peças e é comum que elas sofram o processo de erosão. Se esse for o problema, será mais difícil dar partida no carro.

O ideal é que se faça uma checagem a cada 10 mil quilômetros rodados e substituir essas peças assim que necessário.

Mantenha-se seguro

No artigo de hoje falei um pouco sobre peças que mais se desgastam em um carro.

Falei a respeito de alguns cuidados que você deve ter, antes de sair de casa. Por exemplo, fazer uma pequena revisão “a olho nu”, para que, caso haja algum tipo de problema, você possa resolvê-lo e evitar algum tipo de acidente.

Mostrei algumas peças que devem ser trocadas assim que atingirem a quilometragem estipulada pelo fabricante do produto (peça).

 

Espero que essas dicas tenham te ajudado a entender melhor sobre o uso de algumas peças que desgasta o carro.

Fique atento e Boa sorte!

Relacionados