9 cuidados a serem tomados na soldagem

13 de novembro de 2018

Se você está iniciando no ramo da soldagem vamos te ajudar com nove dicas e cuidados a serem tomados na soldagem, afim de que você execute seu trabalho corretamente.

1 – Proteção do operador

Primeiramente, antes de começar qualquer serviço é extremamente importante e necessário estar equipado com os equipamentos de proteção individual, conhecido por EPIs, para garantir a segurança do soldador, das pessoas e materiais que possam estar ao redor.

Os EPIs necessários para a soldagem são: máscara de solda com lente de proteção, óculos de proteção, protetor auricular, botas com solado isolante, avental, mangotes, perneiras e luvas em couro e máscara de proteção respiratória.

Outra dica importante, enquanto estiver trabalhando com soldagem, não utilizar objetos pessoais como relógios, anéis, brincos, pulseiras ou correntes. Pois, a soldagem é feita em temperaturas altos e caso haja alguma descarga elétrica usando esses objetos, poderá ocasionar queimaduras pelo corpo.

2 – Proteção do sistema elétrico do veiculo

Após estar devidamente equipado, o próximo passo é instalar um inibidor de corrente à bateria para evitar que ocorra danos aos equipamentos elétricos do carro.

3 – Região a ser soldada

Para a proteção da região a ser soldado é necessário que se elimine qualquer isolante elétrico que esteja perto do local a ser soldado, como por exemplo, a ferrugem da lataria ou até mesmo a tinta do carro. Esses isolantes ocasionam a perda da resistência da solda.

4 – Regiões adjacentes à região a ser soldada

Para que as regiões próximas a área a ser soldado não sofra nenhum dano, recomenda-se usar capas de couro ou algum tipo de papel que entre em combustão com o calor gerado pela solda. Você pode utilizar também vidros para proteção da área.

5 – Aterramento da máquina de solda

Para a preparação do aterramento da máquina de solda é necessário retirar todos os possíveis isolantes elétricos, evitando a interferência na condução da corrente de soldagem.

6 – Tocha de soldagem

Para a inspeção da tocha de soldagem é de extrema importância verificar se o bico, o bocal e o difusor de fluxo de gás não estão entupidos. Caso estejam pode ocorrer uma desuniforme alimentação do arame de solda ocasionando desestabilidade do arco elétrico.

Para desentupir esses canais utilize um limpador próprio para remover as sujeiras. Com os canais limpos corte a extremidade do arame de solda e use um spray antirrespingo.

Ao final, o arame deve ter o mesmo diâmetro interno do bico de contato.

7 – Inspeção do arame de solda

Outra questão importante que deve ser averiguada são os possíveis sinais de oxidação no arrame de solda, pois caso haja oxidação o recomendado é descartar esse material.

Para descartar as partes com sinais de oxidação é necessário corta-las com um alicate de corte para evitar irregularidades no arame de soldagem. Essas irregularidades podem fazer com que o arrame fique preso no conduíte da tocha de soldagem.

Alguns cuidados simples podem evitar esse problema, como não deixar o arame de soldagem em locais úmidos. Além disso, o melhor é evitar armazenar grandes quantidade de arame de soldagem.

8 – Regulagem dos parâmetros – tensão, corrente, avanço do arame

Para garantir uma boa soldagem a tensão, corrente e avanço de arame devem estar devidamente regulados nos parâmetros adequados. Uma dica é fazer uma prova prévia em um material do mesmo tipo e espessura do que será soldado

9 – Posicionamento do cabo da tocha

O posicionamento do cabo da tocha não pode apresentar curvas para não interferir no avanço do arame de solda durante a soldagem.

Esperamos ter te ajudado com os primeiros passos para uma boa soldagem!
Agora é só começar!

Relacionados