Como consertar a vedação da janela do seu carro

17 de abril de 2019

Muitas vezes, prestamos atenção em vários problemas do nosso carro com relação à sua mecânica, entretanto, podem surgir outros problemas mais sutis que impedem que utilizemos o carro com maior tranquilidade. Neste artigo ensinamos a consertar a vedação da janela do seu carro, um problema que pode estar dando dor de cabeça.

Como identificar o problema.

Não é preciso uma chuva muito forte nem entrar num lugar alagado para perceber que a janela do seu carro e a sua porta podem estar com algum problema de vedação. Até quando vamos lavar o carro e vamos enxaguar a janela, ou uma parte superior, é possível observar a infiltração e a falta de vedação no carro. Desse modo é necessário consertar a vedação para não prejudicar o interior do seu veículo.

Outras vezes, podemos identificar o problema pela poeira contida no interior do carro. Quando há esse excesso de poeira, é possível que esteja relacionado à falta de vedação das portas e das janelas.

De qualquer modo, ninguém gosta de achar problemas no carro, pois, isso pode acarretar outros problemas e, no final, é preciso levar o veículo para fazer uma visita no mecânico. Entretanto, se você identificar essa falta de vedação, não se preocupe, não é um problema muito fora do comum e você mesmo pode tentar arrumar. Faça isso com a ajuda de algumas instruções que daremos mais à frente.

Mas antes de qualquer coisa, caso tenha algum problema ou alguma dúvida que não esteja respondida neste texto, entre em contato com um profissional.

Leia também: Qual a vida útil das principais peças do seu carro?

Ferramentas e como fazer

Para realizar esse procedimento, é necessário possuir algumas ferramentas que facilitam o seu trabalho. Neste processo também está incluído a troca de borracha. Algumas dessas ferramentas são: alicate de corte, esponja com solúvel, para tirar um possível resquício de cola da borracha anterior (tíner por exemplo), borracha de vedação nova, preferencialmente original, e uma cola.

Primeiramente, se o seu carro possuir algum tipo de trava na borracha, é necessário tirar com o auxílio do alicate de corte. Mas, caso seu carro não possua, somente com a mão é possível retirar a borracha. Enquanto você tira a borracha, é importante observar se ela possui algum tipo de cola, caso tenha, com a ajuda da esponja e o solúvel, esfregue cuidadosamente nessas áreas para que não sobre nenhum tipo de resquício.

Depois de ter tirado totalmente a borracha de vedação, é importante saber se a sua nova borracha é original ou é de uma possível marca paralela. Caso a borracha de vedação seja original, não é necessário utilizar cola ou silicone líquido para a instalação, pois a mesma já possui uma forma de se fixar no local apropriado.

Durante a instalação, procure sempre observar se os cantos do carro estão bem vedados. Caso seja necessário, dobre com um pouco mais de força nas curvas para que não haja dúvida. Depois de ter instalado a borracha totalmente, talvez sobre um pouco de borracha que você precisa cortar. Neste caso, é preciso utilizar algum tipo de cola para realizar a emenda.

Observações importantes.

Quando for adquirir sua borracha de vedação nova, procure saber a marca do fabricante. Caso seja possível, compre a mesma que o de fábrica, pois será mais fácil a instalação e você terá menos dor de cabeça.

Outras dicas importantes são sobre o cuidado com a borracha. Muitas vezes as borrachas se desgastam pelo excesso de sol, pois a deixa seca e dura, o que dificulta o amortecimento na hora de fechar a porta ou a janela. Procure não adicionar substâncias como silicone líquido ou relacionados, pois aumentam os resquícios de sujeira. Em vez disso, utilize produtos para hidratar a borracha e não deixá-la ressecar.

Se você está preocupado com a manutenção do seu carro, confira:

Conclusão
Por fim, lembre-se de estar sempre verificando se não há água escorrendo pelo lado de dentro do carro em dias de chuva ou um excesso de poeira e areia, confirme se o vidro do carro está sempre pegando no mesmo lugar na hora de fechar, e tenha o hábito de utilizar produtos que aumentem a durabilidade da borracha. Caso seja necessário trocar a sua borracha, tenha em mente que você mesmo pode fazer isso, mas, em caso de dúvida, entre em contato com um profissional especializado.

Relacionados