Principais tipos de lixadeira e suas funções

18 de março de 2020

Tipos de lixadeira

Muito utilizadas para otimizar trabalhos manuais de desbaste ou de acabamento, a grande variedade de lixadeiras existente poupa o esforço de quem as usa e realiza um trabalho de alta qualidade quando bem manuseadas.

Assim como todas as ferramentas elétricas, a lixadeira surgiu como uma alternativa ao trabalho “braçal”. Antes, os trabalhos de desbaste ou de acabamento exigiam um alto esforço físico e nem sempre ficavam bons. Por exemplo, na hora de lixar uma superfície, o esforço manual empregado podia variar de acordo com a disposição física do executor. Ocasionando assim, uma execução desigual e um resultado abaixo do esperado.

Pensando em te ajudar a utilizar o tipo correto de lixadeira para o seu serviço, trouxemos um pouco sobre cada uma das variações dessa ferramenta  que se mostra cada vez mais indispensável no dia-a-dia de profissionais de mecânica ou da construção civil.

Principais tipos de lixadeiras

Lixadeira orbital

Uma das mais conhecidas e muito utilizada para deixar superfícies lisas, a lixadeira orbital realiza um trabalho fino e entrega um resultado incrível!

Este tipo de lixadeira é empregado geralmente no trabalho em madeira e pode ter dois formatos, um circular e um retangular, que deve ser empregado dependendo da utilização.

A lixadeira com a base retangular é chamada de orbital, enquanto a base circular é a roto-orbital. Enquanto a orbital é muito utilizada em materiais como madeira, drywall e MDF, a roto-orbital pode também ser utilizada para funilaria, por exemplo.

Lixadeira de cinta

Este modelo é, talvez, um dos mais potentes. A lixadeira de cinta é caracterizada pela existência de uma cinta de lixa que é utilizada para remover grandes quantidades de materiais de uma superfície.

Além disso, este tipo de lixadeira é muito utilizada em superfícies altamente desniveladas e facilitam muito o trabalho de quem a manuseia. Sua alta rotação auxilia na execução do lixamento e pode ser utilizada por um grande período de tempo.

Por ser muito potente, é indispensável que se use algum tipo de coletor de pó junto ao trabalho da lixadeira. Isso porque o pó gerado pode ser prejudicial à saúde.

A lixadeira de cinta pode ser encontrada em dois formatos. Um é mais convencional, de menor porte e portátil, utilizado na horizontal. Já o segundo formato é o vertical. A lixadeira vertical é fixa e o que deve ser movido e manuseado é o material a ser lixado.

Lixadeira angular

Diferente das anteriores, a lixadeira angular não é utilizada para acabamentos. Este tipo é mais indicado para desbaste de madeira e de superfícies circulares, como um corrimão, por exemplo.

Esta lixadeira realiza um trabalho pesado e de alta rotação, com um disco fixado a ela, atuando antes do acabamento. O ideal é que a angular seja utilizada antes, para desbaste e, posteriormente seja utilizado outro tipo de lixadeira para finalização e acabamento.

Lixadeira excêntrica

Este é um tipo muito versátil e proporciona lixamentos perfeitos e sem estrias. A lixadeira excêntrica é específica para acabamentos, pode ser utilizada em superfícies retas ou circulares. Além disso, ela pode ser utilizada em diferentes materiais, como madeira, plástico, concreto, entre outros.

Em qualquer ocasião, trabalhe com a proteção dos EPIs!

Depois de entender o trabalho que será executado e qual tipo de lixadeira será o ideal, é imprescindível que você utilize equipamentos de proteção individual (EPI), como óculos e luvas.

Veja quais são os Principais tipos de EPIs utilizados nas indústrias

Assim como qualquer ferramenta elétrica, a lixadeira exige um conhecimento de quem a manuseia. E a utilização por uma pessoa que não tem habilidade pode apresentar riscos de acidentes.

Tendo os seus equipamentos de proteção e o tipo certo de lixadeira, é hora de colocar a mão na massa. Aproveita e dá uma conferida na nossa loja para conhecer os diferentes tipos de lixadeira que temos disponíveis para o seu trabalho!

Relacionados