Abrasivos: Em quais superfícies você pode utilizá-los?

15 de outubro de 2019

Abrasivos

Os produtos abrasivos são como os salvadores da pátria quando o assunto é a realização de limpezas pesadas. 

Cloros, alvejantes, saponáceos e muitos outros fazem parte da grande família de abrasivos disponíveis no mercado para os mais diversos tipos de limpeza. O problema é que você não deve sempre recorrer a esses produtos na hora que for limpar.

Isso porque, todos eles têm um poder de corrosão extremamente alto e, com o tempo, a superfície na qual você usa começa a se corroer. Isso usando alguns materiais não começam a deteriorar logo depois que você aplicou algum desses abrasivos.

Para impedir que você acabe fazendo algo errado, eu trouxe para você os abrasivos mais conhecidos e quais superfícies eles podem ser usados. Confira essa e muitas dicas logo abaixo na continuação do artigo.

O cloro

Na hora de usar cloro todo cuidado é pouco. Por ser extremamente forte e nocivo, é essencial o uso de luvas e máscara que cubra sua boca e nariz, ou que evite que você aspire o cheiro deste produto.

Roupas, superfícies metálicas e madeiras são superfícies que você nunca deve usá-lo. É um abrasivo dos mais corrosivos e, com o tempo, essas superfícies estragarão. 

Mas, ele não é todo mal. O cloro é perfeito para realizar a limpeza de piscinas, pias e ralos do banheiro, bem como azulejos e porcelanato.

Sapólio

Opa, surgiu aquela sujeira pesada e gordurosas nas suas panelas inox que o detergente nem a esponja estão conseguindo tirar? Se acalme, o sapólio existe para te livrar desse esfrega, esfrega

Ele é perfeito para se livrar de toda a sujeira pesada, como gordura e aqueles grãos de arroz que alguém deixou queimar no fundo da panela. O fogão de inox também sente os efeitos positivos deste abrasivo. 

Mas, tome cuidado. Use apenas panos macios e esponjas para limpar. E deixe-o longe de qualquer superfície de granito, mármore e couro, eles não gostam deste abrasivo de maneira alguma

Além disso, o mármore e o porcelanato também não são superfícies dispostas a receber o sapólio.

A superfície que ele limpa costuma ser bastante exigente as vezes, por isso, o sapólio pode ser encontrado na forma liquida ou em pó. 

Água sanitária (alvejante)

Usada mundialmente, a água sanitária se tornou um abrasivo indispensável na hora de fazer aquela super faxina no banheiro. Ele limpa, desinfeta e garante mais higiene aos seus usuários.

Usa-lo é a coisa mais fácil do mundo. Basta deixá-lo agir contra as bactérias dentro da água e pronto. Isso demora cerca de uns 10 minutos.

Mas, só porque é um dos melhores produtos para eliminar germes e sujeira, não quer dizer que a casa toda deve levar um banho de água sanitária. Sabe o acento e a tampa do vaso? Não use isso neles, com o tempo ficarão amarelados e podem sofrer corrosão.

Não preciso nem dizer que não se deve usar na lavagem das roupas, né?!

Os abrasivos misturados

Antes de sair por aí comprando vários produtos de limpeza misturados disponíveis no mercado, leia o rótulo e preste atenção nas recomendações dos fabricantes.  

Muitas dessas misturas possuem abrasivos, embora outras não. Por isso, procure nas informações onde e como esses produtos deve ser aplicado, e onde não aplica-los também. 

Seja qual for o produto, é importante é se cuidar. Use sempre luvas e máscaras. Em caso utilizar produtos puros, sem misturas, não tenha a ideia de misturá-los por conta própria. Nem a máscara vai evitar que os vapores extremamente fortes da mistura te afetem. 

Isso pode ser fatal, então cuidado.

Conclusão

Existem variedades de abrasivos disponíveis, e todos tem seu lugar de aplicação correto. Alguns podem até gerar reações ótimas em outros materiais que não sejam próprios para ele. Porém, mais cedo ou mais tarde, a corrosão por consequência ocorrerá.

Relacionados