Diferença entre aspiradores e extratoras

12 de dezembro de 2018

Provavelmente você já ouviu falar dos dois mas, ao vê-los em ação, ficou na dúvida sobre a diferença entre esses eletroportáteis fundamentais para a manutenção da limpeza dos ambientes. Confira agora as principais características de cada um e como podem te ajudar em sua residência.

Aspirador de pó

O aspirador de pó se tonou um dos maiores aliados na limpeza de casa. Ele ganhou tanto espaço por ser simples de usar e não exigir muito esforço na hora de se livrar das incômodas poeiras que se acumulam, principalmente nos locais de mais difícil acesso.

Como funciona?

A tecnologia por trás do aspirador de pó é bastante simples. Dentro do aparelho existe um ventilador que, ao girar, gera energia o suficiente para que a única entrada (no caso, o cano), sugue o ar do local para onde for apontado. É desse jeito que você aspira a sujeira dos lugares.

Facilidades

Com a popularização desse eletroportátil, muitas variações foram criadas a partir da ideia original. Hoje você consegue encontrar modelos com saco de coleta removíveis e descartáveis, que não exigem a limpeza do aparelho após cada faxina.

Também surgiram os aspiradores de pó e água, que são ideais para uso externo, em ambientes abertos, como os quintais. Sua capacidade de sucção de líquidos permite que você aspire móveis e tapetes completamente molhados, o que otimiza o tempo de sua limpeza.

Vantagens

Manter a casa limpa, livre de poeiras, é fundamental para a manutenção da saúde de sua família. Principalmente em épocas onde a umidade do ar diminui e as partículas de sujeira se acumulam com mais facilidade, ter esse aliado pode contribuir para manter as doenças respiratórias longe de você.

Outra vantagem muito importante do aspirador de pó é na manutenção dos seus móveis. Os estofados, como sofás e poltronas, geralmente exigem um cuidado maior na limpeza e não permitem muito contato com a água. Por isso, aspirá-los é a melhor solução para mantê-los sempre impecáveis.

Extratora

A extratora tem uma funcionalidade bastante parecida com a do aspirador de pó, porém apresenta algumas diferenças que se tornam fundamentais na escolha de um ou outro. Apesar de ser ideal para limpezas de carpetes, estofados e até pisos, a extratora possui a função de água, que é diferente do aspirador de pó.

Como funciona?

A extratora é voltada para a faxina pesada. Dentro dela há um reservatório para colocar água e produto de limpeza. Quando em funcionamento, o poder de sucção aliado à água com detergente, tiram manchas profundas e odores desagradáveis em móveis estofados, colchões, carpetes e tapetes.

As extratoras são recorrentes em empresas especializadas na limpeza de ambientes, sendo muito vistas em manutenção de escritórios, consultórios e prédios. Por sua potência elevada, ela é utilizada em locais onde a assepsia precisa ser maior. Mas é um eletroportátil de porte pequeno e não exige conhecimento específico para seu uso.

Facilidades

Como dito, ela não é um aparelho difícil de ser manuseado. Apresenta um formato bastante parecido com o do aspirador de pó, apenas com a diferença do local de armazenagem de água e sabão. Apenas esteja atento à marca do detergente que irá usar. O próprio fabricante indica qual a melhor opção.

Ao terminar a limpeza, faça a manutenção do seu produto. Não o mantenha com água ou sabão e também elimine a sujeira que foi sugada para dentro do aparelho. Isso aumenta o tempo de funcionamento do eletroportátil.

Vantagens

As funções da extratora se tornam seu diferencial. Você pode usá-la com água e detergente, aspirando a sujeira, apenas borrifando a mistura e apenas aspirando. Ou seja: é um aparelho três em um! A bomba de alta pressão acoplada auxilia na remoção de manchas e sujeiras pesadas. Já o alto poder de sucção faz com que os móveis estejam quase secos após serem aspirados.

Relacionados