Cuidados para conservação da pintura do carro

13 de fevereiro de 2018

Não são só as batidas que podem danificar a pintura do carro. As alterações climáticas também podem prejudicar a aparência do veículo, ocasionando a perca de brilho ao longo do tempo.
No mundo automotivo existem dois tipos de tintas: as metálicas e as sólidas. Entretanto, o tratamento para conservação é o mesmo.

Cuidados

Um dos serviços mais utilizados a fim de manter o brilho do carro é o polimento. Mas cuidado, polir muitas vezes, por exemplo, pode desgastar as camadas de tinta. A periodicidade com que é feito o serviço também depende de como o carro está sendo usado.
Outro método é o enceramento, o básico consiste em utilizar cera sintética sobre a pintura do carro apenas para protege-la. O material evita que líquidos e impurezas grudem na pintura.
Outro tipo é o que se utiliza de uma politriz roto orbital, máquina que gira rápido para espalhar a cera sobre a pintura. O processo é abrasivo e começa a impactar, levemente, o verniz da pintura do carro. Além de proteção oferece também mais brilho ao carro.
Outra opção recebe o nome de cristalização. Neste caso, a politriz também é usado, mas o material escolhido é a cera de carnaúba, que oferece uma proteção mais duradoura e um visual mais brilhante.