Máquina de soldas elétrica: Como funciona?

3 de dezembro de 2020

Como funciona uma máquina de soldas

Apesar da robotização e modernidade atual, muitos trabalhos ainda necessitam do ser humano para determinadas tarefas manualmente. Pensando nisso, a máquina de soldas é uma das “ferramentas” que ainda são bastante utilizadas para o trabalho à mão.

Mas afinal, você sabe como é o processo que leva um eletrodo a se “transformar” em uma solda? E em relação a máquina de soldas, você sabe o que realmente acontece dentro dela, quando estamos soldando algo?

Na matéria de hoje, veremos tudo isso e um pouco mais, vamos lá?

Como a máquina de soldas funciona?

Basicamente, as máquinas de soldas trabalham com a alimentação de determinada fonte de energia elétrica. Essa alimentação pode ser por meio de uma corrente contínua ou alternada.

Dentro dessas máquinas, podem existir dois tipos de sistemas que processam a energia. São elas: Transformadora ou inversora.

Mesmo com esses dois sistemas de processamento de energia, o resultado de saída da máquina é o mesmo: Ambos irão gerar um arco elétrico.

Quando a ponta do eletrodo entra em contato com a superfície metálica a ser soldada, o arco elétrico é acionado, e gera o calor necessário para fundir o material do eletrodo com o metal.

Ah! Sem contar que podemos alterar a corrente na máquina de soldas, dessa forma, quanto maior a corrente, maior a temperatura da solda. Mas vale lembrar, nem sempre uma alta corrente resulta em uma soldagem melhor. Muitas vezes, podemos acabar danificando o próprio metal a ser soldado por conta da alta corrente. Com base nisso, fica claro que sempre devemos fazer a soldagem de acordo com a corrente ideal.

Leia este nosso artigo, que fala sobre os Principais perigos causados pelo descuido na soldagem.

Mas afinal, qual é a corrente ideal?

A necessidade de entender a corrente ideal vem porque uma boa solda precisa obrigatoriamente seguir os conceitos corretos da corrente.

Diante disso, existem duas maneiras de saber a corrente ideal para fazer a solda. Uma delas é mais complexa, e consiste em entender os códigos dos eletrodos e suas reações com cada material.

A outra já é mais simples, e resume-se em calcular a corrente pelo diâmetro do eletrodo. De acordo com a norma AWS, é necessário calcular 30A de corrente para cada milímetro do diâmetro.

Conclusão

Hoje vimos e entendemos um pouco mais sobre o funcionamento de uma máquina de soldas. Além disse, vimos como ela funciona e quais são os processos que levam o eletrodo a ser solda.

Por hoje é isso, até mais e boas soldas!

Relacionados

Soldas Planalto Lages/SC
  • Rua Getúlio Vargas, 253, Conta Dinheiro
  • Lages - Santa Catarina, 88508-620
  • contato@soldasplanalto.com.br
Horário de Atendimento
  • Segunda-Sexta:
  • 08:00h às 12:00h e 14:00h às 18:00h
  • Sábado:
  • 08:00h às 12:00h
  • Domingo:
  • Fechado
Soldas Planalto Chapecó/SC
  • Av. Fernando Machado, 3420, Líder
  • Chapecó - Santa Catarina, 89804-240
  • contato@soldasplanalto.com.br
Horário de Atendimento
  • Segunda-Sexta:
  • 08:00h às 12:00h e 14:00h às 18:00h
  • Sábado:
  • 08:00h às 12:00h
  • Domingo:
  • Fechado
2021 - Soldas Planalto - Todos os direitos reservados