O que são adesivos estruturais?

2 de julho de 2018

Logo Brasil

Os adesivos estruturais servem para fazer ligações permanentes entre dois componentes e são importantes produtos nas mais variadas áreas, desde a engenharia civil até a soldagem. Neste artigo abordaremos mais profundamente sobre o que são os adesivos estruturais, como eles funcionam, as suas aplicações e quais os benefícios de utilizá-los.

Adesivos estruturais e sua função

Os adesivos estruturais são compostos com base de bi-componente (poliuretano, acrílico, epóxi, e outros) e o seu principal objetivo é colar dois materiais ou peças entre si, a fim de juntá-las de forma permanente. Eles têm uma alta resistência e por conta disso podem substituir facilmente parafusos ou até mesmo soldas.

Composição dos adesivos estruturais

É de interesse técnico conhecer a estrutura química geral presente nos adesivos estruturais e como os elementos químicos dão a alta resistência mecânica e térmica para eles. A base química dos adesivos estruturais tem uma base de bi-componente (poliuretano, acrílico, epóxi, e outros) que faz com que as características principais dos adesivos apareçam:
● Uma alta resistência térmica: aguentam temperaturas que vão desde -30ºC até 100ºC;
● Não são inflamáveis;
● Resistem à hidrólise, óleo, graxa e ao meio agressivo;
● Podem ser utilizados em peças úmidas e mesmo assim aderem bem e facilmente;
● Não propagam chamas.

Vantagens e desvantagens do uso de adesivos estruturais

Os adesivos estruturais garantem uma fixação permanente, conseguem ligar duas peças de forma que ambas aguentem uma forte tensão e são menos afetadas pelas fadigas mecânicas.

No entanto, os adesivos podem não ser sempre a ótima escolha, dependendo da sua função. Por manter uma fixação permanente, os adesivos podem não ser bem aplicados devido à sua irreversibilidade. Além disso, outros tipos de ligação como a soldagem e os parafusos podem ser reversíveis, desmontados e montados, por assim dizer. Há uma maior versatilidade quando comparamos os outros tipos de ligação com os adesivos estruturais também.

Onde podem ser usados?

As aplicações dos adesivos estruturais são as mais variadas, conforme já citamos anteriormente. É comum que eles sejam usados principalmente na construção civil, mas também podem ser utilizados em painéis térmicos, pisos de madeira, divisórias de escritórios e muito mais. Ao falarmos de matérias-primas como madeira, cimento, espuma, metal, cerâmica, plástico, concreto e ferro, os adesivos estruturais caem como uma luva. Por serem muito aderentes a essas matérias, os adesivos colam, por exemplo, concretos antigos e novos. Por ser bastante viscoso, o adesivo estrutural pode ser utilizado tanto da forma vertical quanto horizontal.

Existem listas que mostram onde os adesivos estruturais podem ser usados com excelência e falaremos um pouco sobre esses materiais. O metal, por exemplo, pode ser colado com vários outras matérias-primas: madeira, metal, pedra, concreto e plástico. A madeira, no entanto, pode ser colada com o concreto (além do metal). Por fim, pedras podem ser coladas com pedras ou concretos.

Como utilizar os adesivos estruturais?

Para que o adesivo seja eficiente, é necessário que a superfície na qual ele será colado esteja limpa, sem oleosidade e de preferência sem umidade. Qualquer tipo de impureza pode afetar a eficiência e resistência do adesivo estrutural. No caso de aplicação em plásticos e vidros, é necessário lixar a superfície antes de colocar o adesivo.

Vale lembrar que esses adesivos são bastante tóxicos para a natureza. No caso de um descarte ruim, a agência ambiental precisa ser avisada a fim de conter as consequências causadas ao meio ambiente.

Com suas vantagens e desvantagens, os adesivos estruturais se mostram muito eficientes em alguns casos, bem como quase descartáveis em outros. Não há uma regra específica sobre o uso dos adesivos e quais colagens eles deveriam fazer, por isso, é necessário estudar caso a caso para a decisão do uso ou não do adesivo.